domingo, 27 de dezembro de 2009

Feliz Natal

Espero que toda a gente tenha tido um feliz Natal, mais ou menos light...
Eu passei bem o meu, em família, com mesa farta e no dia 26 ainda tive um almoço de Natal. Comi, bebi e ainda não me pesei. Espero que a mossa não tenha sido grande.
Pretendo voltar a fazer uma alimentação mais regular a partir de amanhã, mas sei que só conseguirei voltar à linha dura quando voltar à escola, dia 4. Até lá já sei que continuarei a ter dificuldade em resistir às tentações, pois com o marido e os filhos em casa terá que haver almoços, lanches e jantares. E também ainda nos faltam pelo menos dois jantares de Natal. Mas porquê que quando dois portugueses se encontram isso implica uma refeição? E por que é que eu sou tão fraca quando tenho que resistir à comida?
Mas o que interessa é que passei bem o Natal, feliz e sem stress (o pior vai ser amanhã quando me pesar).

5 comentários:

Liliane Albino disse...

Independente do peso que a balança mostrar(eu tô com vontade de jogar a minha pela janela)não podemos desanimar.Com força de vontade chegaremos lá.Beijos e muita força!!!!

butterfly disse...

vais ver que a balança não será má para ti...lol agora há que fazer uns exercicios para não pensares nas iguarias que podes comer (comigo resulta) ...
bjo

Ana disse...

oi!ah pois é, ha la combinação melhor do que portugueses + petisco + festa lol, temos de ser fortes! boa semana! bjks

Cris disse...

é verdade minha linda, infelizmente as nossa tradiçao é mesmo essa, conversa à mesa, e vamos falando e comendo.

Vamos mudar essa tradição ... e tentar fazer algo mais light.

Bom ano para ti

me... disse...

Concordo contigo, realmente a nossa cultura não ajuda na nossa luta. Até parece um complot contra quem quer emagrecer! Mas um dos aspectos mais importantes da RA e da dieta é aprender a lidar com estas situações e dar a volta. Se nesta semana abusamos na próxima somos mais controladas...afinal não somos robots e como pessoas também cedemos. O importante é olhar para a frente que o que está para trás já passou!
Beijinhos