terça-feira, 14 de dezembro de 2010

2ª tarefa do desafio

Mesmo no fim do prazo, vamos lá à 2ª tarefa do desafio.
Os alimentos que não podem faltar:
os meus cereais






sopa







maçãs






apesar de não ser um alimento, a água.







Quanto ao plano alimentar que sigo, nem eu sei. Teoricamente:
PQ - leite com cereais
MM - fruta com bolacha
A - carne ou peixe, cozido ou grelhado, com  1 cs de hidratos e salada
L1 - fruta ou iogurte com bolacha
L2 - =L1
J - sopa
Na prática, a minha alimentação e a minha vida andam uma confusão tão grande, que nem sei o que tenho comido.

sábado, 4 de dezembro de 2010

1ª tarefa do desafio

Que sentimentos estão presentes quando comes demais?
Quando como demais sinto-me a desistir, a achar que não valho a pena o esforço de parar.
Em que pensas quando comes demais?
Penso que fui fraca e que não mereço nada do que tenho recebido da vida.
O que sentes em relação ao teu corpo?
Sinto-o grande demais, sinto que não é meu.
Por que queres mudar a forma do teu corpo?
Para me sentir melhor comigo. Para poder ir a uma loja e comprar aquilo que me apetecer.
O que achas que os outros pensam do teu corpo?
Neste momento acho que não pensam nada de mais. Apesar de ainda ter peso a perder, acho que já está num patamar aceitável.
Incomoda-te a proximidade física, por não estares satisfeita com o teu corpo?
Incomoda-me a proximidade física com pessoas que não me são próximas e vai sempre incomodar-me independentemente do meu corpo.
Sentes que serás mais feliz se fores mais magra?
Eu sou mais feliz quando sou mais magra.
Acreditas que apenas terás que mudar hábitos para mudares de corpo?
Acredito.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Minha querida balança


Minha querida balança, tens estado comigo nas horas boas e nas horas más. Todos (quase) os dias eu te piso e tu só me devolves o reflexo da minha alimentação. No entanto, eu culpo-te da minha gula e das minhas fraquezas.
Apesar de estares sempre pronta para mim, de vez em quanto eu resolvo abandonar-te. Mostro-te toda a minha ingratidão e fujo de ti.
Mas eu não posso mais viver sem ti. Não vou mais evitar-te e vou usar-te as vezes que tu chamares por mim.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

O dia não foi perfeito...

...mas foi bom.
Calorias desnecessárias acho que foram de duas bolachas de chocolate. De resto, água, lanches e sopa tudo OK. Custa-me muito não me pesar. Que vício tão estúpido.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Conseguindo

Ver imagem em tamanho real

Ontem à noite não me levantei. estive horas às voltas na cama mas não me levantei.
Hoje não me pesei. Arrastei a balança de debaixo do móvel mas não me pus em cima dela.
Sinto-me a andar sobre vidro.

Mudança de estratégia

Hoje de manhã pesei-me e a balança mostrou-me 59,4. Mais 800g do que ontem. Mas como é que é possível.
Claro que depois de me pesar, frustrada, lá foi a bolachinha de chocolate. E depois mais outra. Fiquei-me pelas duas, mas foram duas. E de certeza que houve mais qualquer coisa de que me esqueci.
Lembro-me que quando iniciei este blogue, apesar de querer chegar aos 57, achava que 60 já era bom. Pois não é.
Alterei o meu peso pretendido para 53 Kg e actualizei a recta. Só me volto a pesar na próxima sexta-feira.
Porquê sexta-feira?
Porque é o meu peso mais baixo da semana e após mais de um ano, acho que respondo melhor a um resultado positivo do que me aguento no fim de semana na expectativa de o conseguir.
Porquê 53 Kg?
Por que não? O meu peso deveria variar, para a minha estrutura óssea, entre os 54 e os 57. Sempre me contentei com os 57. Desta vez quero os 53 para oscilar entre os 53 e os 54.
Estou na cama e, apesar de ter jantado como deve ser, sopa e prato e de ter comido a fruta com a bolacha antes do jantar, estou esganada de fome. O meu estômago até ronca, mas não me posso levantar seja por que motivo for. Esta tem sido a minha hora crítica (uma das). Se me levanto como este mundo e o outro.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Dia de Pesagem

Hoje é segunda-feira. Pesei-me. Ainda estou no vermelho. Devia pesar menos meio quilo, de acordo com as metas que estabeleci.
Se por um lado nem é mau, por outro, depois de uma gastroenterite e de ter passado o fim de semana a desfazer-me em caca e em vomitado, esperava melhor.
Ando com uma fome doida e nem sempre me consigo controlar. Sinto que aquilo que consegui me está a escapar como areia entre os dedos.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

De mal a pior

Hoje de manhã pesava 59,6 Kg. A minha meta era de 58,9, portanto não consegui.
Tenho que me mentalizar que a forma como me alimentei ao longo do último ano é para continuar. Se voltar a comer como antes vou recuperar o peso todo que perdi.
Quem me dera que o desafio começasse hoje e não daqui a 15 dias.
Não vou deixar de tentar cumprir as minhas metas, não posso perder o foco nos meus objectivos.

domingo, 14 de novembro de 2010

Desafio

Desafio

Acabei de  me inscrever. Vai durar dois meses e está a ser organizado pela Narcisa. Há muito tempo que não participo num desafio e espero que este me ajude a trazer o meu peso cá para baixo. Ou melhor ainda, que quando comece eu já tenha perdido qualquer coisita...


Amanhã...

...peso-me
A minha alimentação tem sido uma vergonha e o meu peso parecia uma bolinha saltitona, por isso deixei de me pesar. Deixei é como quem diz, não me peso há uns três dias. Mas acho que sem a pressão da balança ainda é pior.
Amanhã vou começar duas semanas muito complicadas. Vou chegar quase todos os dias a casa às nove da noite. Quem vai ter que segurar as pontas vai ser o maridão, mas esta formação é obrigatória, portanto...
Amanhã venho cá pôr o peso, seja ele qual for e se esta semana, por um lado, vai ser muito cansativa, por outro não vou estar em casa à hora da marabunta. Pelo menos numa das horas, a da preparação do jantar, ao final da noite cá estarei e possivelmente, completamente esganada de fome.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Novas do chouriço

Bem, o chouriço foi um bocadinho atacado mas nada de mais.
Hoje, até ao final da tarde, portei-me muito bem. Bebi a água, comi a fruta, tudo como deve ser.
Já me tinha esquecido por que estou sempre a cortar na água. Passo o dia a correr para a casa de banho... Estou pior que os meus alunos.
Antes do jantar, pus-me a fazer um bolo. Ficou muito bom, ainda está quentinho. O meu problema com os bolos não é o que vou comer agora. O problema é a massa crua que vou comendo enquanto o faço. E o problema foi quando eu vi que o bolo ia começar a ir por fora e pus um tabuleiro por baixo da forma e os pingos de massa que iam caindo pareciam bolachinhas, tostadinhas por fora e molinhas por dentro e eu comi montes.
Agora que já está feito, já não há problema. Amanhã já não há bolo, entre as fatias que os miúdos e o marido vão comendo, mais as fatias que vão levar para os lanches, mais as fatias para as professoras, pouco vai sobrar para a minha gula. E é o que me vale.
De qualquer modo, hoje de manhã já tinha perdido mais 300g. Espero que amanhã não tenha aumentado e esteja, no máximo nos 58,6, que era o que pesava hoje.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Chouriço

Alimentarmente falando, até agora, o dia correu bem. A água está  quase bebida e a alimentação foi como deve ser.
Surpreendentemente, hoje de manhã pesava os 58,9 que queria pesar na próxima segunda-feira. Espero que isto não descambe.
O único problema que se desenha no horizonte é o chouriço que eu vou pôr na carne guisada do jantar e que não me sai da cabeça.
De resto, acho que colegas cabras toda a gente tem e como é só uma, não vai ser isso que me vai tirar o sono.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Parece que recomecei aos bochechos

Em vez de dizer tudo de uma vez ando a contar aos bocados.
Sei que tenho andado um bocado por baixo e por isso é que não venho cá. É típico em mim e já aqui falei disto. Quando me sinto pior é quando me isolo. Não pode ser. Isolo-me dos meus amigos e também deixo de aqui vir. Tenho noção de que isso só me prejudica e não pode ser.
Mas também tenho tentado animar-me. E para me motivar a voltar a perder peso, comprei dois casacos. Eu merecia. Depois de anos a passar frio no Inverno, por achar que não valia a pena gastar dinheiro comigo. Depois de anos a ficar com os casacos velhos das tias, a comprar casacos nas promoções dos catálogos, a usar casacos velhos que não apertavam, resolvi que ia comprar um casaco novo. Acabei por comprar dois. Um mais clássico, cinzento escuro e outro mais casual, castanho. Sinto-me outra. Bem e quentinha. E coisa inédita, os meus casacos fecham, não preciso de andar com eles abertos.

1º dia

Foi o primeiro dia do meu desafio pessoal.
Comi muito ao almoço, mas bebi a água e se me mantiver afastada da cozinha até ir dormir, pode ser que não seja nada.
Ando cansada. Por mais horas que trabalhe há sempre mais para fazer.
Apetecia-me não ter que fazer nada. Ser dona e senhora do meu tempo. Mas acho que esse não deve ser um desejo nada original...

59,4

59,4 acabadinhos de pesar. Estou chocada. Pareço um balão a inchar.
Vou estabelecer metas pessoais para tentar contrariar a minha gula.

15 de Novembro - 58,9
22 de Novembro - 58,4
29 de Novembro - 57,9
6 de Dezembro - 57,4
13 de Dezembro - 56,9
20 de Dezembro - 56,4

E depois celebrar o Natal.

Neste mês e meio não me posso esquecer de beber 1,5l de água por dia e não posso comer depois do jantar. Parece simples. São só duas regras.

domingo, 10 de outubro de 2010

Loser



É assim que me sinto. E não é no bom sentido, de ter perdido muitos quilos.
Sinto que estou a ganhar tudo outra vez.
Não tenho actualizado a barra, mas já andei pelos 55 e hoje de manhã tinha 57,6. Eu marquei os 57 como o meu limite máximo e hoje ultrapassei-o.
Tenho feito asneiras todos os dias. Fiz ponte no fim de semana passado e é claro que isso não ajudou.
Os 21 dias, onde é que já vão... Vou recomeçar. Vou conseguir fazer os 21 dias sem doces e vou voltar a ter um dia, só um dia, por semana para comer qualquer coisa que me apeteça muito. Não vou marcar dia certo, mas vai ser sexta, sábado ou domingo. Normalmente é num desses dias que nos encontramos com amigos e à boa portuguesa, tem que meter refeição. Refeição mas sem sobremesa, pelo menos durante os 21 dias.
Farto-me de pensar que quando pesava muito mais, dizia para mim própria "Se ao menos eu pudesse estar com um peso normal e começar a comer bem a partir daí. Não ter que me sentir sempre gorda. Seria muito mais fácil se pudesse fazer um reset ao meu peso e manter uma alimentação equilibrada."
Pois bem querida Maria. Estás nesse ponto. Tens um peso normal, só tens que o manter. Depois de um esforço tão grande, mais de um ano a fazer uma alimentação equilibrada, a ganhar hábitos saudáveis (pensava eu que os tinha ganho, pelos vistos não), NÃO POSSO DEITAR TUDO A PERDER.

NÃO VOU DEITAR TUDO A PERDER.

domingo, 26 de setembro de 2010

A saga dos 21 dias

Acabei de passar pelo blogue da Lilith e vou juntar-me a ela nos 21 dias sem doces. Mas os meus 21 dias só começam amanhã... O dia de hoje já foi contaminado com muito açúcar.

Domingo à noite

A noite de Domingo é sempre uma treta. Pensar que o fim de semana já chegou ao fim...
Este fim de semana abusei. Acho que estou a voltar aos dias de antigamente em que tinha uma alimentação regrada durante a semana e no final da semana abusava e mantinha o peso. Agora também tenho mantido, o que é bom. Será que vai ser sempre assim? Se fosse seria perfeito.
Teoricamente, se fizer tudo bem durante seis dias, ao sétimo posso fazer um disparate.
Não ser obesa é tão novo para mim que acho que nunca conseguirei ser magra. Mas já estou com um peso normal... Durante mais de uma ano abdiquei do dia do disparate, apesar de ser permitido e agora, sinto-me culpada por o fazer. Acho que vou ter que reaprender como o meu corpo reage à comida. E se de facto for assim, melhor.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Desnaturada

Já sei que sou uma desnaturada.
Parece que ultimamente, sempre que cá venho é para pedir desculpa por não vir há muito tempo.
As desculpas são sempre as mesmas... e as promessas também...
Muito trabalho, falta de tempo, vou ser mais assídua, enfim, o costume. Mas mais uma vez, vou tentar. Acho que devo isso a este blogue e a todas aquelas que me apoiaram ao longo do último ano e picos. Tenho consciência de que foram a minha base de apoio.
A dieta continua... Estou contente com o meu peso, apesar do IMC se manter relativamente alto (mas dentro do normal), nunca pensei conseguir chegar aqui. Ainda me lembro de quando escrevi que se chegasse aos 60 já me dava por contente. Na semana passada cheguei aos 55,4, mas depois foi um fim de semana que até tenho vergonha de contar, entre brigadeiros e encharcada... Tirei a barriga de misérias.
Agora é manter. Penso que o regresso à rotina ajuda a regularizar as refeições e tenho esperança que a minha nova forma de comer seja já um hábito adquirido.
E no final da semana já terei 55 e qualquer coisa.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Último dia de férias

Hoje é o meu último dia de férias. Fico sempre um pouco angustiada com o regresso ao trabalho, acho que acontece a muita gente. É aquele nervoso miudinho de domingo à noite "elevado ao expoente máximo da loucura".
Sabem o que me valeu hoje? Vir aqui e encontrar as mensagens carinhosas que me deixaram.
Obrigada.
Sei que vai correr tudo bem. Sei (mais ou menos) quem vou encontrar. Mas...
Quanto ao resto das férias com os filhotes, acabou por correr bem. Felizmente só choveu naquele dia e acabámos por arranjar sempre o que fazer ou onde ir (nem que fosse ao Ikea, para mal dos pecados do meu filho que só de ouvir o nome da loja começa a pedir socorro para não ter que lá ir). Claro que houve algumas embirrações e algumas discussões, mas nada fora do normal.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Nada para dizer

Hoje não tenho nada para dizer.
Sinto-me a pior mãe do mundo por estar com os miúdos pelos cabelos. Choveu o dia inteiro e por isso não saímos de casa. Passaram o tempo todo a discutir uns com os outros.
Para acrescentar a tudo isto continuo com o horário das férias. Estou acordada até às 4 da manhã e às 8 estou a pé. Pareço um zombie.
Pelo menos o peso baixou.

sábado, 21 de agosto de 2010

FELIZ ANIVERSÁRIO


Hoje o meu blogue faz um ano.
Foi um ano em que eu perdi muito peso, aprendi a conhecer-me melhor e a gostar mais de mim.

Nada disto teria sido possível sem este blogue, pois foi através dele que eu fiz amizades sinceras. Amigas verdadeiras e altruístas que, sem me conhecerem de lado nenhum, me fizeram levantar e nunca desistir quando me senti em baixo. Amigas que celebraram comigo as minhas vitórias. Amigas que estiveram sempre comigo, nas alegrias e nas tristezas.

Se consegui mudar alguma coisa na minha vida foi também graças a vocês.

Sinto que os mais de 20 quilos que consegui perder, não foram um trabalho só meu. Foi como se cada uma de vocês me tivesse tirado de cima um desses quilos.


Obrigada a todas.


E aqui fica uma foto de três pares de calças minhas. As de baixo têm mais de um ano. As mais escuras devem ter um ano (já as dei) e as de cima uso-as agora (mas o tamanho abaixo já me serve).




sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Presunção e água benta...

Pois é. Quem lesse a minha última mensagem ficava a pensar que estava tudo bem.
Mas desde que voltei de férias comi tanta porcaria que nem vou dizer o quê, não vá abrir alguns apetites.
É certo que não aumentei, mas também não perdi nada.
Tenho que me mentalizar que não pode ser. Sinto-me tão bem com este novo peso que não posso deitar tudo a perder.
Ontem, pela primeira vez em muitos anos, fui comprar um soutien sem alças e não tive problemas em encontrar o meu tamanho. Claro que se precisei do soutien foi porque tenho roupa para vestir sem alças...
É a estas pequenas alegrias que tenho que me agarrar para não deixar fugir esta grande conquista que foi a minha perda de peso. E SÓ DEPENDE DE MIM, O RESTO SÃO DESCULPAS.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Regresso de férias

Olá a todas e obrigada pelas mensagens que me deixaram
Voltei ontem de férias. Os tradicionais quinze dias no Algarve que foram uma maravilha mas de que chegamos mais cansados do que quando partimos.
Fomos com uns amigos com que costumamos ir e foi óptimo. Quando íamos só com os miúdos, parecia que as férias giravam à volta deles. Desde que vamos com estes amigos, que também têm uma miúda da idade dos meus, parece que as férias também o são para nós. As crianças entretêm-se mais e nós também. As tarefas são partilhadas e é bom estar até às tantas na conversa com amigos que acabamos por não ver tantas vezes como queríamos ao longo do ano.
O pior (e o melhor) foi a comezaina. Mas acho que passei a minha prova de fogo. Comi tudo o que quis, sem abusar e bebi tudo o que quis, já com algum abuso e o resultado foi um quilo a mais. Acho que não foi mau. Com algum controlo acho que recupero rapidamente.
Antes de ter ido, já tinha chegado à conclusão de que não iria conseguir chegar aos 55 e que o não atingir esse objectivo só me estava a stressar. Estabeleci para mim, manter o peso entre os 56 e os 57. E é a esses valores que quero voltar. Estou com 57,800.... Acho que chego lá depressa.
Quanto ao dilema fato de banho/bikini. Nem se pôs. Ignorei a minha barriga gelatinosa cheia de estrias e só usei bikinis. Nem posso descrever o conforto que foi. Acho que só quem tem o peito grande pode compreender. Antes, quando eu ia à praia, estava sempre mortinha por voltar para casa, tomar um banho a correr e pôr um soutien. Este ano, nem me preocupava com isso. Chegava a casa e nem pensar em trocar de roupa. Só trocava (de bikini) se estivesse molhado e eu me quisesse deitar ou se fôssemos a algum lado. E como a casa onde estávamos tinha piscina, churrasco e muito espaço para os miúdos brincarem, a roupa era sempre o mais informal possível. Nos meus tempos de fato de banho isso não tinha sido possível.
Agora sei que vai demorar um pouquinho, mas vou tentar passar pelos vossos cantinhos todos para me pôr em dia.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Descoberta

Acho que começo a perceber por que motivo é que muitas dietas permitem disparatar num dia da semana.
Até agora pensei que fosse porque essas calorias, diluídas com as do resto da semana não seriam significativas.
Agora começo a acreditar que é porque como o nosso organismo já não está habituado a certo tipo de alimentos, se só os comer esporadicamente, fica-se com uma caganeira tal que não há gordura que cá fique.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

56,5

Eu sei que na próxima 2ª feira não vou pesar isto.
Eu sei que amanhã não vou pesar isto.
Mas hoje eu pesava 56,5 Kg!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

E por isso actualizei o marcador e estou de parabéns.

terça-feira, 13 de julho de 2010

Dia Bom

Foi um dia bem passado.
Trabalho nicles. Almoço de fim de ano e reencontro com velhos amigos.
E o melhor de tudo, a notícia que há muito esperava e que não vou contar (é que fiz tanto alarde disto que se conto e alguém que conheço lê, fica logo a saber quem eu sou), mas que me vai trazer muita tranquilidade e paz de espírito.
O meu organismo já se habituou mesmo a comer mesmo. Hoje ao almoço, comi mais do que o normal (mas sem grandes abusos) e quando chegou a altura da sobremesa já não fui capaz. Senti que ia explodir.
Ontem, o post da Kilos de Mim fez bastante sentido. Eu quero chegar aos 55 e vou fazer por isso, mas se me conseguir manter abaixo dos 58 dou-me por satisfeita. Não me vou matar por 2 ou 3 kilos, até porque eu sei como é que funciono, quanto mais penso na dieta, mais penso em comida. Quanto mais ansiosa estou, mais penso em comida. E quanto mais penso em comida..... já devem adivinhar.
Quarta ou Quinta vou comprar um biquini novo. Acabou-se o fato de banho!!!!

domingo, 11 de julho de 2010

Sardinhada na piscina

Pensei, pensei, hesitei, decidi, repensei, duvidei e resolvi. Vou de biquini sim. E fui.
Apesar de ter emagrecido muito, a minha barriga está uma vergonha. Sempre tive muita tendência para ter estrias e depois de três gravidezes quase seguidas, de aumentos e baixas de peso e da minha preguiça incontornavel para o exercício, não podia esperar outra coisa. Mas fui. Há muito tempo que não me sentia tão bem na praia ou na piscina. Quem tem o peito grande compreende isto. Andar de fato de banho é um enorme desconforto, pois não me dá o apoio necessário. De biquini, estou bem o dia todo.
Não me senti mal, antes pelo contrário. Todos temos as nossas imperfeições e acho que está tudo tão preocupado com as suas que ninguém repara nas dos outros.
Tenho uma barriga flácida e cheia de estrias, pois tenho. Quem não quer olhar tem bom remédio.
Eu diverti-me, os miúdos divertiram-se tanto que nem jantaram e já está tudo a dormir.
Tive um Domingo maravilhoso.

sábado, 10 de julho de 2010

Tenho estado a conseguir

Olá minhas queridas amigas.
Muito obrigada pelos vossos comentários carinhosos e desculpem-me estas ausências tão longas.
Sei que me estou a tornar repetitiva mas vou tentar voltar a vir cá mais vezes.
O trabalho abrandou, embora eu trocasse de boa vontade estas semanas de reuniões por semanas de aulas.
Tenho andado a dançar entre os 57 e os 58. Embora a balança já tenha marcado várias vezes 57,0 e nunca mais tenha chegado aos 58, sinto que isto está muito pouco firme. Ando a fazer alguns disparates que compenso com quase jejuns e isso não pode ser.
No tempo de aulas, os horários são certos, há horas para comer e é mais fácil manter uma boa rotina alimentar. Chega esta altura do ano e deixo de ter horários. Tenho que estar na escola entre as 9 e as 9.30, e não há horas para almoço, não há horas para sair, nunca sei com o que conto. Se é certo que nos dispensam quase todas as tardes, não saber a que horas almoço lixa-me os esquemas todos.
Eu sei que estou a reclamar de barriga cheia e que a falta de organização é minha. Tenho é que ir fazendo os lanches e se tiver que fazer 3 lanches de manhã e almoçar às 3 da tarde, até estou a ir bem.
Eu queria chegar aos 55, mas está a ser difícil.
E depois estamos na altura em que tudo é pretexto para almoços, lanches ou jantares. São os tantos anos há que acabámos o curso. É o final do ano lectivo e a despedida dos colegas da escola.
É o encerramento do ano lectivo, do Agrupamento. É o encerramento do ano lectivo, do Concelho. É a festa do final de ano. É a despedida dos alunos e dos pais. (E sim, isto é tudo escola minha, mas corresponde a 6 ocasiões diferentes, ainda temos que somar as dos filhotes). É a preparação das férias com os amigos com quem costumamos ir. São os aniversários que vão surgindo. É a caracolada que tem que se comer. E podem imaginar tudo o resto. Não trocava nenhum destes momentos por nada. São momentos de alegria e de partilha em que somos reconhecidos pelo trabalho que fizemos e experimentamos sentimentos de amizade, mas em Portugal, ou pelo menos nos grupos com que eu me relaciono, todas estas celebrações envolvem comida. Tem que ser um almoço, um lanche ou um jantar, se não não é festa. E eu não sou de ferro.

Será que amanhã arrisco um biquini????

segunda-feira, 21 de junho de 2010

A minha ausência

A minha ausência por tanto tempo deve-se sobretudo a mais uma estúpida característica minha. Quando a vida não me corre bem fecho-me. Há muito tempo que sou assim e há muito tempo que tento combater isso. Quando está tudo bem, saio, procuro os meus amigos, convivo. Quando as coisas me correm mal, fecho-me. É uma tendência péssima, porque isso só me deixa mais em baixo.
Mas pronto, agora que o mundo já não parece tão feio, voltei.
Eu sei que os amigos são precisamente para quando mais precisamos deles. E eu estou sempre disponível quando precisam de mim e sei que também estariam para mim, mas esta é mais uma coisa que preciso de mudar em mim.
Nem aqui vim e também vos considero amigas e acreditem que penso em vocês todos os dias.
Foram doenças, foram complicações no trabalho, foram maus humores. Agora tudo parece estar a resolver-se.
Obrigada a todas pelas mensagens de apoio e pelos selinhos que deixaram.
Vou tentar não deixar de cá vir, principalmente quando tudo parece correr mal.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Estou a boicotar-me

Não sei por que faço isto. Volto sempre ao mesmo.
O contador da Nutella voltou aos zero. Pareço uma drogada que usa de todos os meios para conseguir o que quer.
No Sábado, o meu marido foi ao Pingo Doce e pedi-lhe que trouxesse uns chocolates de que gosto. Como já o conheço e como ele já me conhece e como eu já sabia que ele ia chegar a casa a dizer que não havia, o que aconteceu, pedi à minha filha que lhe ligasse a dizer que a Nutella tinha acabado. Ele acreditou e trouxe. Esqueceu-se de que a mais pequena ainda não come, a de 5 anos acha enjoativo e ao mais velho é raro pôr no pão, por motivos óbvios.
Resultado: por minha culpa e só minha, este fim de semana comi um frasco inteiro à colher. Um frasco dos grandes. Quase 2500 calorias em dois dias, completamente desnecessárias. Acabou. Não se compra mais.
E o que me lixa é que isto aconteceu depois de eu ter ido ao médico e de ele me ter dito que só podia perder mais 4 quilos. Não interessa se o IMC é alto, não posso baixar dos 55, para mim é o suficiente. É chegar aos 55 e começar a manutenção.
Mas como eu sou parva e devo achar que mereço ser gorda para sempre, lá passei o fim de semana a comer Nutella. Até estou com medo de me pesar amanhã.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Dependências

Não sou psicóloga e pouco estudei sobre o assunto, mas acredito que há pessoas com uma grande predisposição para a dependência. Não sei se essa predisposição será genética ou terá aparecido pela forma como fomos criados ou pelas experiências por que passámos na infância, mas que essa predisposição existe, para mim é uma verdade que sinto na pele. Quanto ao tipo de dependência, pode variar. Talvez devido ao meio em que vivemos, às companhias, ou seja lá ao que for...

A minha grande dependência tem sido a comida. Há muito tempo que é uma luta diária, desde que me lembro e sei que será para a vida. O tabaco foi outra dependência que tive e que acredito que ultrapassei definitivamente. Vou tendo outras, umas mais saudáveis do que outras. A leitura, as telenovelas (há anos que eu não vejo telenovelas, pois tenho a noção de que se começo a seguir uma tenho que ver TODOS os episódios) e mais recentemente foi o FarmVille. No meio de tudo isto, penso ter um factor positivo que me ajuda. Sei identificar quais são as minhas dependências e à excepção da comida, tenho conseguido acabar com elas. Mas o problema é que eu não consigo reduzir. Ou sim, ou sopas. O tabaco teve que ser de um dia para o outro. As novelas, não posso ver de todo. A quinta, tive que acabar mesmo com ela.

Há dias, vi um programa do Dr. Phill sobre jogos on-line, em que ele referia que muita gente lhe perguntava se o tempo que passava a jogar ou que os filhos passavam a jogar era normal. Ele disse que a sua resposta se adapta a muitas outras coisas e a sua resposta foi uma pergunta "Isso está a afectar a sua vida? Se está, não é normal."

E pronto, foi o meu clique para acabar com a quinta. Intuitivamente já acabei com outros vícios que estavam a afectar a minha vida, antes disto, mas acabo sempre por arranjar um novo vício, à excepção do da comida, que é uma constante. E isto faz-me lembrar também uma frase que ouvi há muito tempo num programa dele e que dizia, mais ou menos que, não é possível acabar com um hábito ou vício. O que fazemos é substituí-lo por outro. Temos é que tentar que o nosso novo hábito seja melhor do que o anterior.

Eu anseio pela chegada do dia em que os meus vícios sejam beber água, comer alface, corrigir trabalhos. Mas parece que esse dia ainda vem longe...

Alegria: Apesar do meu peso parecer que diminui 100g por semana, continua abaixo dos 60 Kg.

Tristeza: Depois de ter visto um 95 no contador da Nutella, vou ter que o voltar a pôr a zeros.

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Uma semana que começa e Dia 19

E porque vai começar mais uma semana. E porque essa semana vai ser bela e com feriados. E porque eu já devia estar a dormir e não estou. E porque amanhã é dia de pesagem e comi que nem uma alarve este fim de semana...
O que vale é que a música de hoje é esta e faz-me mesmo rir e recordar momentos felizes.

Day 19 - A song that makes you laugh (Uma canção que te faz rir)
Melô do Marinheiro – Paralamas do Sucesso

domingo, 30 de maio de 2010

Selo

Recebi este selinho da minha querida amiga Sonhadora.

Regras
1º) Postar o selinho


2º) Postar 3 lembranças muito fofas da sua infância

- Quando íamos passar o Natal em casa dos meus avós. O meu avô ainda era vivo e éramos mesmo muitos, entre miúdos e graúdos. Às tantas reparávamos que o Pai natal tinha chegado e acreditávamos mesmo.

- Quando passava um fim de semana em casa dos meus outros avós. Eles mimavam-me até não poder mais.

- Minha Mãe. Foi a lembrança mais doce da minha infância. E continua a ser o exemplo mais doce e mais forte da minha vida.

3º) Indicar 6 Blogs muito fofo

Indico para todas as que por aqui passam e que me têm ajudado nesta luta.

Dia 18 e Tudo na mesma

Pois é. Tudo na mesma como a lesma. Nem vale a pena estar aqui a queixar-me do mesmo de sempre (ai, estou muito cansada... ai, pobre de mim... ai, que tenho insónias... ai, que precisava de dormir... ai, que não tenho tempo para fazer todo o trabalho da escola... ai, que chego a casa e continuo a trabalhar...)
Com tanto ai que devo dizer ao longo do dia, dei com a minha filha mais nova (que apesar de ter 2 anos, falar está quieto), a olhar para mim e a dizer "ai..." Deve ser o que mais me ouve.
Deixem lá. Eu sou assim mas sou feliz.
Tenho uma nova teoria para as minhas insónias. Acho que não consigo dormir porque, quando todos se deitam, é que eu consigo ter um tempo só para MIM.

Day 18 - A song that you want to play at your funeral (Uma canção que queres que toque no teu funeral)
Não sei se quero músicas no meu funeral. Quero é toda a gente a chorar, inconsolável com a minha falta. Todos a dizer ai, pobre coitada... ai, como é que vamos viver sem ela... ai, vou sentir tanto a sua falta...
Mas se tiver que escolher uma:




ou então:

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Planear e Dia 17

Planear? Pois, pois...
Tão planeado que fiz as mochilas da natação na 2ª feira. Hoje de manhã, quando ia sair de casa com elas, feliz da vida com a minha capacidade de organização, estavam vazias.
Resposta do marido:
- Eu vi as mochilas cheias, pensei que te tinhas esquecido de pôr a roupa a lavar na semana passada e eu pus eu.
Mais valia ter estado quieta, escusava de ter tido que inventar toalhas secas e fatos de banho hoje de manhã.

Há bocado adormeci no sofá. Acordei e o meu primeiro impulso foi atacar a despensa. E ataquei. Foram batatas fritas e M&M´s. Estúpida, burra, gorda. Resta-me o consolo da ilusão de acreditar que já só faço isso a dormir. se estivesse na plena capacidade das minhas faculdades mentais não o teria feito.

Day 17 - A song that you want to play at your wedding (Uma canção que queres que toque no teu casamento)
O casamento já foi, mas...

It's got to be perfect-Fairground attraction

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Água e Dia 16

Água. Preciso de beber mais água. Sempre tive que me forçar a beber água, mas chegava ao fim do dia com o litro e meio bebido, às vezes mais. Agora não.
Vai ser o meu objectivo da semana. Beber 2 litros de água por dia. Tem que ser.
De resto tudo corre bem. Muito trabalho, muito cansaço e pouco descanso. Mas estou feliz. Feliz pelo peso alcançado. Feliz por o ano estar a terminar. Feliz por ver os meus meninos crescidos, quase a deixarem-me (feliz, mas com a lágrima ao canto do olho). Acho que criámos uma relação muito boa e está a custar-me pensar que está a chegar ao fim, por outro lado sinto muito orgulho neles e tenho comigo a sensação de dever cumprido.

Day 16 - A song that you listen to when you’re sad (Uma canção que ouves quando estás triste)Aerosmith - I Don't Wanna Miss a Thing


segunda-feira, 24 de maio de 2010

10 pequenas coisas que poderiam melhorar a minha vida e DIA 15

1. Lavar a cara e pôr creme todas as noites, mesmo que não tenha usado maquilhagem.

2. Pôr a data nas quinhentas caixas com restinhos de arroz que tenho no frigorífico e que acabam por ir todas para o lixo porque não sei há quanto tempo lá estão.

3. Arrumar a roupa engomada nos armários nos dias em que vem a mulher a dias e não deixar o monte para arrumar no dia em que ela volta, de manhã.

4. Deixar a casa arrumada antes de me deitar.

5. Preparar as mochilas para a natação dos miúdos, na véspera e não no próprio dia de manhã.

6. Deixar comida a descongelar para o jantar, de manhã e não estar a descongelá-la à pressa no micro-ondas ou a recorrer a comida de fora.

7. Chegar às 12.30h com um litro de água bebido e às 15.30 com 1,5 l.

8. Levantar-me a horas decentes ao fim de semana.

9. Não passar o fim de semana a saltar refeições com medo de engordar e a não resistir a comer porcarias porque não comi a horas e decentemente.

10. Não fazer plantações para menos de 2 dias e não achar que tenho que tomar conta da quinta do meu filho.

Day 15 - A song that you listen to when you’re happy (Uma canção que ouves quando estás feliz)
Chico Buarque - A Banda

sábado, 22 de maio de 2010

Sucesso e Retrocesso

Hoje vi um número na balança que já não via há mais de dez anos. Vi o 5 na casa das dezenas!!! Pesava 59 e já não me lembro quanto (ando mesmo taralhouca). Nem queria acreditar. Eu sei que ainda estou com excesso de peso, mas estou cada vez mais perto de chegar a um IMC normal.
Este foi o sucesso.
O retrocesso foi em relação ao desafio da Lilith, das músicas. Claro que estou atrasadíssima. Mas mesmo assim quis voltar atrás. Acho que o que tem transparecido de mim neste blogue é que eu estou muito em baixo, que sinto que tudo é mau e me sinto infeliz. Isso não é nada verdade. É verdade que eu ando muito cansada, com excesso de trabalho (só esta semana tive 4 reuniões e só uma é que acabou antes das oito da noite), é verdade que os problemas (muito graves) de algumas pessoas que estão perto de mim me afectam. Mas eu não sou assim. Eu sou uma pessoa alegre. Tenho três filhos maravilhosos. Um marido que amo muito. Uma família e amigos que me apoiam. Um bom ambiente de trabalho. Adoro a minha profissão. E todos os dias vou ter com os meus alunos com muita alegria.
Todos os dias eu dou graças a Deus pelo que tenho e todos os dias eu me sinto abençoada. Cansada, mas abençoada.
Então, e sem querer parecer muito beata, vou pôr aqui a letra da música que me define. Não encontrei a música para pôr aqui, mas esta música faz aquilo que eu faço todos os dias. Agradeço a minha vida e o que Deus me deu.

Day 12 - A song that describes you (Uma canção que te descreve)

Senhor, graças Vos dou por toda a luz

1. Senhor, graças Vos dou por toda a luz.
Graças Vos dou por todo o amor.
Pelo céu, pela terra mil graças Vou dou, Senhor.

2. Senhor, graças pelo calor do sol,
Graças pelo fragor do mar;
Pela neve do monte onde o vento passa a cantar.

3. Senhor, graças pelo trigo a crescer.
Graças pela vida a nascer.
Graças pelo que a minha alma sente e Vos quer dizer.

4. Senhor, graças por esta refeição.
Por este Vinho e este Pão.
E por todos os homens de quem nós somos irmãos.

5. Senhor, graças por este belo dia!
Vamos viver como cristãos
Ajudai-nos a amar-Vos e a todos como irmãos.

sábado, 15 de maio de 2010

Batota

Estava tão cansada que adormeci no sofá antes das nove da noite e ferrei até às 2. Claro que depois de dormir 5 horas, mais do que tenho andado a dormir por noite, prevejo uma bela insónia com muitas idas à cozinha.
A Clarinha começou hoje a tirar as fraldas. Já me tinha esquecido como era. Tirei os tapetes do chão e passei o fim de tarde a mudar-lhe a roupa. Na escola fez sempre na sanita, claro que a parte má ia ter que sobrar para mim. Mas agora é sempre a melhorar.

menu de 6ª feira
PA - leite com cereais
MM - maçã com bolacha
A - salada com vários ingredientes
L - maçã com bolacha
J/C - bolachas com manteiga e vamos ver o que mais...

Agora vamos à batota. Não consigo apontar uma música que me descreva e não tenho um álbum preferido, por isso salto para o dia 14.

Day 14 - A song that you listen to when you’re angry (Uma canção que ouves quando estás zangada)

The Clash - Should I stay or should I go

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Ainda estou viva e dia 11

Tenho andado desaparecida. Nem tenho tido tempo para espreitar os vossos blogues. A vida às vezes complica-se. Desta vez não foi a minha mas foi a de quem precisou de mim.
Já trabalhei em meios muito desfavorecidos, muito complicados, nunca pensei que fosse nesta altura da minha vida, em que estou num sítio, teoricamente, sem problemas sociais, que a minha presença fosse tão necessária para resolver problemas imediatos, graves e para apoiar algumas crianças. Talvez porque de facto os casos graves não são muitos, quando acontecem, evidenciam-se. Noutros sítios, isto era o dia a dia e já era uma rotina. Pouco podíamos fazer e havia já técnicos a tomar conta das situações.
Deixei-me envolver demais. Sofri, chorei, estou exausta, mas estou de consciência tranquila. Tive ajuda quando a pedi. Sei que o que fiz foi o correcto. Não podia fechar os olhos e fingir que não via. Tinha que ter a certeza que tudo iria ficar bem, dentro do possível (espero que fique).

Falando de coisas mais alegres. No baptizado só ouvi elogios. E é incrível como a nós próprios mudamos quando nos sentimos melhor na nossa pele. Pela primeira vez, desde há muito tempo, não estive numa festa a tentar parecer despercebida. Conversei, diverti-me, senti-me bem.
O desafio ficou um pouco para trás e por isso não vou pontuar na tarefa dos alimentos.

Quanto às músicas, também se atrasaram.
Sei que a música que escolhi foi cantada há pouco tempo num programa de televisão, mas quando saiu, foi uma música que me ficou no ouvido. Não me saía da cabeça e eu fui a correr comprar o CD. Deve ter sido em 2000. No meu grupo de amigos, acharam que aquela música era uma cena muito marada. Não gostaram e acharam estranho que eu gostasse e que ainda tivesse gasto dinheiro nela. É uma música que ainda hoje me arrepia.
Day 11 - A song that no one would expect you to love (Uma canção que ninguém esperaria que gostasses)

Ouvi Dizer - Ornatos Violeta

sexta-feira, 7 de maio de 2010

SEXTA - FEIRA e dia 10

Mais uma semana que acaba.
Sinto-me completamente estoirada. Precisava de passar um fim de semana inteiro a dormir, mas não vai poder ser. Amanhã temos um baptizado e vamos passar o fim de semana fora.
Não vou descansar mas vou espairecer. Tenho que ver o lado positivo. Acho que amanhã não vou ter que me levantar muito cedo e vou tentar não me deitar muito tarde hoje (como se fosse possível). Até resolvi ir hoje ao cabeleireiro para poder dormir mais qualquer coisa de manhã. Estou para ver o resultado... Estou-me nas tintas. Já perdi mais de 17 kilos e vou sentir-me fabulosa, penteada ou despenteada.

Menu de 6ª feira
PA - leite com cereais
MM - maçã com bolacha
A - salada com várias coisas
L - maçã e pão com manteiguinha
J - sopa e os cogumelos da pizza (que os meus filhos põem de lado e o queijo tostadinho que se vai puxando das bordas e mais valia ter estado quieta. Quatro quadradinhos de chocolate.
C - Nos meus planos não vai haver, mas ontem também não ia haver e houve muita bolachinha com manteiga.

Mais uma vez, acessórios, zero.

Day 10 - A song from your favorite band (Uma canção da tua banda favorita)
O Homem do Leme - Xutos



Não tenho uma banda favorita. Gosto muito, muito de Xutos. Tanto desta música como de outras menos suaves. Mas já há alguns dias que esta música não me sai da cabeça, por isso aproveito o pretexto para aqui a deixar.

Lilith, amiga, perante o que tu disseste não tenho como dizer que não. O sentimento é mutuo. Conta comigo, lá estarei.

A vida continua

É verdade. A vida continua e eu tenho o privilégio de ter três filhos maravilhosos e de trabalhar com crianças todos os dias, o que me obriga a estar disponível e num ambiente alegre e bem disposto. Felizmente, este ano, quase todos os meus alunos são meninos e meninas felizes, bem integrados e amados pelas suas famílias. É impossível estar com eles e não me deixar contagiar pela sua alegria.

Menu de 4ª feira
PA - leite e cereais
MM - maçã e bolacha
A - bacalhau cozido com cenoura, feijão frade, batata e alface e iogurte
L - maçã e bolacha
J - sopa

Menu de 5ª feira
PA - leite e cereais
MM - maçã e bolacha
A - febras grelhadas com alface e cenoura ralada e iogurte
L - maçã e bolacha
J - sopa

Hoje andei muito, mais de 30 minutos, mas o resto do exercício não tem acontecido.
Hoje também pus uns brincos.

Day 09 - A song that makes you fall asleep (Uma canção que te faz adormecer)

Assim sem você – Adriana Calcanhoto

Não é por achar a música aborrecida, eu adoro esta música. É uma música que me acalma.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Tristezas, menus e músicas

Às vezes acontecem coisas más. E apesar de não terem acontecido comigo, nem com ninguém da minha família, estão a acontecer a pessoas que me são muito próximas. Uma dessas coisas está a acontecer a uma aluna e não tem remédio. Outras duas coisas estão a acontecer a uma grande amiga e se uma também não tem remédio, para a outra só existe uma réstia de esperança, ou talvez a ilusão de quem não quer acreditar que a vida pode ser tão injusta. E para mim, só a morte não tem remédio.
É inevitável que me deixe levar pelos sentimentos que rodeiam essas pessoas que me são queridas, seja por as sentir devastadas, seja por aquele egoísmo natural, que todos temos nestes momentos e que nos faz sentir culpados por o ter, que nos leva a lembrar momentos semelhantes por que passámos e que queremos esquecer.

Momentos como este também me fazem perceber que devemos aproveitar cada momento de felicidade HOJE. Não podemos esperar por amanhã. Temos que usufruir de quem amamos HOJE. Amanhã podemos não os ter connosco.
É nestes momentos que percebemos que a vida é muito frágil e efémera, seja nos idosos, nos adultos ou nas crianças.

menu de 2ª feira
PA - leite com cereais
MM - maçã com bolacha
A - salmão cozido com cenoura e iogurte
L - maçã com bolacha
J - sopa

menu de 3ª feira
PA - leite com cereais
MM - maçã com bolacha
A - frango cozido com alface e cenoura ralada e iogurte
L - maçã e pão com manteiga
J - sopa
C - ?

Entretanto deixei atrasar o desafio das músicas. E apesar de hoje não me apetecer nada dançar, já fiz a escolha de quase todas as músicas há algum tempo, por isso cá vai.

Day 08 - A song that you can dance to (Uma canção que te faz dançar)

Sleeping my day away - D.A.D.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Dia 7

Day 07 - A song that reminds you of a certain event (Uma canção que te lembra de um determinado acontecimento
Beds are burning – Midnight Oil



Acho que já perceberam que eu gosto é de rock. Se calhar não cresci. Foi a música da minha juventude e continua a ser a música que me faz sentir viva.
Esta música lembra-me da altura em que comecei a namorar com o meu marido.

Dia da Mãe

Espero que todas as Mães tenham tido um excelente dia. Eu tive.
Comecei por me pesar: 61,4 Kg :D Aos anos que eu não pesava isto. Já sei que a pesagem de amanhã não deve ser tão generosa, pois hoje fartei-me de comer.
Almoço com a sogra. Jantar com a minha Mãe. e sempre com os meus amores.

O acessório de hoje foi uma pregadeira linda que o filhote fez na escola.

Menu de Domingo
PA - acordei tarde e como tinha que ir à missa ao meio-dia, não tive tempo
Antes do almoço - maçã com bolacha
A - chinês - galinha na chapa, chau min de gambas e arroz chau-chau
L - maçã com bolacha
J - sopa
Sobremesa - profiteroles, comi três, bem regados com chocolate e recheados com chantilli
C - ainda sobrou um brigadeiro, se ninguém o comeu, ainda marcha

3ª Semana

Tarefas diárias:
- Pôr creme adelgaçante ou anticelulítico ou reafirmante- 2 pontos
- Beber pelo menos 1,5 litros de água - 2 pontos
- Acompanhar pelo menos uma das refeições com salada ou legumes cozidos - 2 pontos
- Comer 2 peças de fruta por dia - 2 pontos
- Comer sopa pelo menos uma vez por dia - 2 pontos
- Publicar o menu - 2 pontos
- Fazer 50 abdominais - 5 pontos
- Fazer 50 agachamentos - 5 pontos
- Fazer 50 flexões (pode ser de joelhos) - 5 pontos

Tarefas semanais:
- Pôr a balança de lado. A tortura vai continuar. Durante a semana só será permitido subir para cima da dita, no dia em que nos pesamos regularmente e quando tivermos que deixar os pontos e o peso. Por isso, no máximo, 2 vezes durante a semana. - 10 pontos para quem conseguir cumprir.
- Fazer 30 minutos de exercício por dia, 3 vezes durante esta semana. O exercício fica ao critério de cada uma. - 30 pontos (10 por dia)

Tarefas especiais:
E durante esta semana vamos pensar em nós, só em nós. Vamos andar lindas, belas e fabulosas. Toca a levantar 15 minutos mais cedo para sairmos de casa fantásticas.
- Cuidados com o rosto. Obrigatório cuidar dele todos os dias. O ideal seria não sair de casa sem maquilhagem. Mesmo que seja só um pouco de rimel e baton. Para quem não costuma usar mesmo nada, pelo menos creme hidratante tem que ser. - 5 pontos por dia
- Usar acessórios. Brincos, colares, pulseiras, lenços, pregadeiras, alguma coisa que nos abrilhante. Pelo menos uma por dia. - 5 pontos por dia

domingo, 2 de maio de 2010

Dia 6

Day 06 - A song that reminds of you of somewhere (Uma canção que te lembra de um lugar)

Loverboy-working for the weekend



Acho que sempre fui uma menina responsável, bem comportada e com muito boas notas (acho que sempre fui a melhor da turma, com excepção dos 2 anos em que estive no Técnico, quando sai e fui para a ESE voltei a ter as melhores notas). Talvez por isso, sempre tive liberdade para fazer o que quisesse e ir onde quisesse. Claro que primeiro tinha que pedir, dizer com quem ia, os horários eram estabelecidos e rigorosamente cumpridos.
A partir dos 16, saía à noite quase todos os fins de semana, às vezes sextas e sábados. A noite começava no Deck, com Martinis. Depois consoante houvesse, ou não, boleia, seguíamos para o News ou ficávamos pelo Bauhaus.
Só houve um sítio que me foi proibido. O 2, no autódromo. Claro que era o destino mais apetecido. Lembro-me bem, às quintas e aos domingos, era dia de inventar dormidas em casas de amigas, testes que exigiam muito estudo em conjunto e trabalhos de grupo inadiáveis.
As raparigas não pagavam. O ambiente era bem chunga. Bola de espelhos a girar, as casas de banho mais porcas que já vi, as entradas constantes da GNR, o vodka-laranja era feito com Tang. Só lá íamos se houvesse um grupo bem grande de rapazes a acompanhar-nos. A música era fantástica.
Esta música lembra-me do 2. A discoteca 2001, no autódromo do Estoril. O único sítio, em toda a minha vida, onde o meu pai me proibiu de ir.

sábado, 1 de maio de 2010

Último dia da 2ª semana

Passei o dia em casa. Dormi e descansei. Estava a precisar.
Elogios não fiz. Só aqueles que faço regularmente aos meus filhos, mas acho que não contam.

Menu
PA - estava a dormir; )
MM - leite com cereais e brigadeiro
A - maçã com bolacha
L1 - meia sandes de pão alentejano com fiambre
L2 - maçã com bolacha
J - salmão grelhado com puré de batata
E pelo meio as malditas amêndoas de chocolate que não têm fim.


Hoje, finalmente, juntei alguma roupa minha e do meu marido para dar. Pus tudo numa banheira de bebé que já não usamos e levei para casa da minha mãe que costuma levar essas coisas a uma Misericórdia aqui perto. Eu sei que ainda tenho que dar uma volta bem maior às coisas, mas foi um princípio. Eu tenho propensão para juntar coisas. Acho sempre que podem vir a ser úteis. Tenho que mudar isso em mim.

HOJE É SEXTA-FEIRA

Day 05 - A song that reminds you of someone (Uma canção que te lembra de alguém)
Paradise by the dashboard light - Meat Loaf



Esta canção lembra-me o meu marido. Era uma das suas preferidas quando começámos a namorar, há mais de 17 anos (metade da minha vida) e não, o meu marido não é parecido com o vocalista. Eu não conhecia a música antes dele ma apresentar, mas fiquei a adorar.

Foi dia bom. Tive direito a festas do Dia da Mãe na escola das pequeninas. Tive direito a telefonema para a escola de pais de meninos que vão entrar e queriam saber o que podem fazer para pedir que os filhos fiquem comigo. E depois da mensagem de ontem da Lilith, que tem sido um exemplo de força, de coragem e uma inspiração em todos os meus dias, o meu ego está realmente em alta.

Hoje fiz exercício. Foi andar mas conta.
Elogiei a capacidade que uma colega teve de organizar uma festa. Foi incansável durante a última semana. Espero que os pais dos seus alunos o reconheçam e sejam capazes de também eles a elogiar.

Menu
PA - leite com cereais
MM - maçã com bolacha
A - salada de alface com vários ingredientes
L - maçã com bolacha
J - sopa, 2 bolachas e brigadeiro
C - acho que ainda vou comer outro brigadeiro

quinta-feira, 29 de abril de 2010

O creme, o menu o elogio e a música

Boa noite.

A pedido de várias meninas, vou revelar qual é o meu creme........
É o Anticelulítico Termo Activo da linha Svelte Contour da Skeyndor. Não sei se é melhor do que os outros, mas se o experimentarem pela primeira vez não se assustem. Parece que o corpo fica a arder e fica mesmo vermelhão. Um dia, depois de o pôr toquei com um dedo na testa e fiquei lá com uma bola encarnada. Passado uma meia hora desapareceu. Com o calor está a tornar-se um bocado insuportável, mas acho que eles também têm um que é reafirmante e é gelado. Quando esta embalagem acabar vou experimentar. Tentei tirar foto do creme mas como a embalagem é branca, com o flash fica tudo brilhante.

Menu de 5ª feira
PA - leite com cereais
MM - ups!!! Esqueci-me.
A - pescada cozida, ervilhas e cenoura. Iogurte
L - maçã e bolacha
J - cheguei a casa muito tarde. Estou com preguiça de ir aquecer a sopa mas já comi montes de bolachas.

Elogio. Hoje a chefe foi ao cabeleireiro e estava linda. de verdade. Eu disse-lhe.

Dia 4 - A song that makes you sad (Uma canção que te põe triste)
Last Kiss – Pearl Jam





Choro baba e ranho sempre que ouço esta música.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Será que existe estupidez maior?

Será que existe estupidez maior do que (quase) chegar atrasada ao trabalho por ter estado a colher as abóboras do meu filho?
Para mim acabou. Se plantou e não fez bem as contas às horas, azar o dele.

Menu de 4ª feira
PA - não houve tempo (por causa das abóboras)
MM - maçã e bolacha
A - febras grelhadas com alface e cenoura ralada e iogurte
L - maçã com bolacha
J - sopa
C - banana

Elogio não houve, só se for para mim, que estou cada vez mais linda, mas isso acho que não conta.
Exercício não houve, viva a preguiça. Por este caminho fico magra mas toda flácida. Azar, estou tão cansada que não me importo. E além disso, o meu creme deve ser tão pujante que a meio do dia sinto o rabo, a barriga e as coxas (que é onde ponho) a vibrar. JURO.

Dia 3

E como eu não gosto nada da canção do dia 2 e já passa da meia-noite, aqui vai a do dia 3.

Day 03 - A song that makes you happy (Uma canção que te põe feliz)

Bob Marley - Girl I want to make your sweat


terça-feira, 27 de abril de 2010

Menu, elogio

Vamos ao menu de hoje:

PA - leite com cereais
MM - maçã com bolacha
A - pescada cozida com alface e iogurte
L - maçã com bolacha
J - sopa
C - ainda não parei de comer amêndoas de chocolate

Exercício zero.

Hoje elogiei uma colega que tem andado muito em baixo, mas que hoje ia com boa cara, pintada, com acessórios. senti que ela ficou feliz.

Estou com a cabeça feita em água. Estivemos a preparar o trabalho para o dia da mãe e sempre que fazemos trabalhos de expressões há mais barulho. Mas acho que valeu a pena.

Dia 2

Eu estava aflita para iniciar o desafio das músicas que a Lilith me mandou e acabei por estar até sei lá que horas no you tube a recordar uma série de músicas. Já as escolhi quase todas.

A de hoje é:

Cavalos de Corrida - UHF



Aliás, eu detesto UHF, nem sei bem dizer porquê.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Desafios em atraso, Dia 1

A Lilith, musa inspiradora em quem eu penso muitas vezes, quando me sinto ir abaixo, lançou-me um desafio. Fiquei assustada com ele, pois senti que nos embrenhamos tanto em determinadas rotinas da vida, que deixamos para trás pequenos prazeres e acho que demorei tanto a começar a responder por não saber bem o que dizer. Mas vou tentar.
Este desafio também o vou deixar a quem quiser responder, pois já o vi em muitos blogues.

Day 01 - Your favorite song (A tua canção favorita)

Day 02 - Your least favorite song (A tua canção menos favorita)

Day 03 - A song that makes you happy (Uma canção que te põe feliz)

Day 04 - A song that makes you sad (Uma canção que te põe triste)

Day 05 - A song that reminds you of someone (Uma canção que te lembra de alguém)

Day 06 - A song that reminds of you of somewhere (Uma canção que te lembra de um lugar)

Day 07 - A song that reminds you of a certain event (Uma canção que te lembra de um determinado acontecimento)

Day 08 - A song that you can dance to (Uma canção que te faz dançar)

Day 09 - A song that makes you fall asleep (Uma canção que te faz adormecer)

Day 10 - A song from your favorite band (Uma canção da tua banda favorita)

Day 11 - A song that no one would expect you to love (Uma canção que ninguém esperaria que gostasses)

Day 12 - A song that describes you (Uma canção que te descreve)

Day 13 - A song from your favorite album (Uma canção do teu album favorito)

Day 14 - A song that you listen to when you’re angry (Uma canção que ouves quando estás zangada)

Day 15 - A song that you listen to when you’re happy (Uma canção que ouves quando estás feliz)

Day 16 - A song that you listen to when you’re sad (Uma canção que ouves quando estás triste)

Day 17 - A song that you want to play at your wedding (Uma canção que queres que toque no teu casamento)

Day 18 - A song that you want to play at your funeral (Uma canção que queres que toque no teu funeral)

Day 19 - A song that makes you laugh (Uma canção que te faz rir)

Day 20 - Your favorite song at this time last year (A tua canção favorita deste último ano)

A minha canção do dia 1 vai ser (isto depende muito da inspiração do momento)
Love of my life - Queen



A Cris lançou-me um desafio. Obrigada linda. As regras são dizer de quem recebi e passar a 10 blogueiras, mas ela já mo passou há tanto tempo que acho que muita gente já tem. Deixo para toda a gente que quiser responder.

1 - Nome / Idade / Cidade / Estado onde mora
Maria/ 34 anos / Oeiras/ Portugal

2 - Altura / Peso actual / Meta final
1,52 m / 62,3kg / 55kg

3 - Maior peso / Menor Peso
79Kg/ 52Kg

4 - Motivos que a fez engordar ?
A comida tem sido o meu conforto quando me sinto mal e a minha recompensa quando me sinto bem, desde que me lembro. Até aos 25 anos consegui ir controlando o meu peso, depois, após cada gravidez engordo desmesuradamente. Acho que estar a amamentar é a melhor desculpa do mundo para uma mulher comer o que lhe apetece (o que é muito diferente de comer bem) e eu amamentei os meus filhos durante muito tempo (19, 25 e 20 meses). Durante esse período fui engordando até tomar consciência de que tinha que emagrecer. Consegui emagrecer e manter, até uma nova gravidez dar início ao ciclo.

5 - Usa ou já fez uso de medicamentos para emagrecer ?
Uso. Estou a tomar os comprimidos do Póvoas.

6 - Qual tipo de dieta faz hoje ?
A do Póvoas.

7 - Já fez dieta da moda ou malucas ?
Fiz a da seiva quando deixei de amamentar o meu primeiro filho. Perdi 13 kilos e consegui manter.

8- Faz algum tipo de actividade física ?
Não. Devo ser a pessoa mais preguiçosa do mundo.

9 - Faz acompanhamento com algum profissional ( nutricionista, endocrinologista, psicólogo) ?
Neste momento sou seguida por um médico da equipa do Póvoas e tenho o meu grupo de apoio, que são vocês.

10 - Emagrecer para você significa.
Ser capaz de ser eu. Não tentar passar despercebida em todas as ocasiões. Ganhar auto-estima e auto-confiança. Emagrecer não faz de mim uma pessoa feliz, mas ajuda muito.

Fim de Semana, elogios e menus

Foi mais um fim de semana de doidos.
Cinco festas de aniversário, entre filhos de amigos, amigos de filhos e amigos. Mas lá conseguimos passar por todas e acho que não houve estrago na dieta.

Ontem elogiei a mãe de uma amiga. Já não a via há muito tempo e ela estava metade do tamanho, com um ar feliz e luminoso.

Hoje elogiei uma colega que também estava mais arranjada do que o habitual. Estava muito bonita.

Quanto ao menu de ontem, nem o vou pôr. Foi tão confuso que não o sei fazer.

O de hoje ponho-o já. se não o cumprir, altero depois

PA - leite com cereais
MM - maçã e bolacha
A - hamburguer grelhado com salada de alface e cenoura e iogurte
L1 - até agora já foram 4 bolachas com manteiga
L2 - maçã e bolacha
J - sopa

Tarefas da 2ª Semana

De 25 de Abril a 1 de Maio

Já começou ontem, mas cá vai:

Tarefas diárias:
- Pôr creme adelgaçante ou anticelulítico ou reafirmante- 2 pontos
- Beber pelo menos 1,5 litros de água - 2 pontos
- Acompanhar pelo menos uma das refeições com salada ou legumes cozidos - 2 pontos
- Comer 2 peças de fruta por dia - 2 pontos
- Comer sopa pelo menos uma vez por dia - 2 pontos
- Publicar o menu - 2 pontos
- Fazer 40 abdominais - 5 pontos
- Fazer 40 agachamentos - 5 pontos
- Fazer 40 flexões (pode ser de joelhos) - 5 pontos

Tarefas semanais:
- Pôr a balança de lado. A tortura vai continuar. Durante a semana só será permitido subir para cima da dita, no dia em que nos pesamos regularmente e quando tivermos que deixar os pontos e o peso. Por isso, no máximo, 2 vezes durante a semana. - 10 pontos para quem conseguir cumprir.
- Fazer 30 minutos de exercício por dia, 3 vezes durante esta semana. O exercício fica ao critério de cada uma. - 30 pontos (10 por dia)

Tarefas especiais:
- Sabe tão bem receber elogios. Às vezes, um pequeno comentário feito por um amigo ou por um colega, desde que sincero, faz o sol parecer mais brilhante, as flores mais bonitas e faz com que nos sintamos especiais. Eu acredito que não estamos neste mundo só para RECEBER, estamos principalmente para DAR. E quando damos, recebemos em dobro. Assim, uma das tarefas especiais desta semana vai ser o ELOGIO. Temos que fazer um elogio (sincero) todos os dias, a alguém. Tem que ser a uma pessoa diferente todos os dias e temos que publicar o que dissemos e a quem. - Vale 10 pontos por dia cumprido (juro que não vou usar os meus alunos para cumprir esta tarefa).
- E como esta semana vai começar no Dia da Liberdade, vamos todas libertar-nos de alguma tralha que nos pesa em casa, nos armários, cada uma sabe onde. Esta semana vamos escolher aquelas coisas que temos em casa, que ainda estão boas mas que nós já não usamos e, por preguiça ou ilusão, nos recusamos a desfazer-nos delas. Pode ser roupa, sapatos, móveis, livros, brinquedos, o que tiverem a mais e que pode ajudar muito quem precisa. Vamos DAR. Vamos fazer alguém feliz. Podemos dar a uma instituição, à igreja, a centros que recolhem aquilo que temos para dar, àquele mendigo que vemos todos os dias quando vamos para o trabalho, a alguém que conheçamos e que sabemos que está a passar por dificuldades. É preciso pôr foto do que se deu e dizer a quem. - Vale 50 pontos.
Esta semana, as tarefas especiais têm que ver com DAR um pouco de nós aos outros.

sábado, 24 de abril de 2010

Falta de tempo


O meu dia precisava de ter 48 horas (24 das quais para eu dormir).

Não consigo que o tempo me chegue para tudo. Parece que acabo por não fazer nada em condições.

Até há pouco tempo, esta sensação seria o suficiente para me deixar em baixo.

Estranhamente, estou-me um bocado nas tintas para se fica tudo feito ou não. Não sei se é do sol, se do bom ambiente no trabalho, de estar a emagrecer, dos elogios que recebo diariamente, mas o facto é que apesar de não andar a dormir mais de 4 horas por noite e de não conseguir fazer tudo o que seria preciso, sinto-me muito feliz.

Cá para mim, estou a chegar àquela famosa fase em que os professores começam a ficar doidos. Toda a gente sabe, que a partir de uma certa idade acabamos por ter cada um a sua pancada. Se me der para ser uma doida alegre, tudo bem.


Hoje tive um daqueles valiosos momentos que me deixou de lágrima no olho. Quando os pais marcam reuniões, normalmente é para saberem como estão os filhos ou para criticar o professor ou a escola. Hoje tive uma mãe que marcou uma reunião só para me elogiar. Fez valer o meu dia.


Menu de 6ª feira:

PA - leite com cereais

MM - maçã e bolacha

A - peixe cozido (desta vez percebia-se que era pescada) com alface e cenoura ralada e iogurte.

L - maçã e 1 fatia de pizza

J - 2 bolachas com manteiga

C - 1 iogurte

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Tarefas com fotos

Vou começar pela tarefa do corpo. Fui arranjar as sobrancelhas. Acreditem ou não, nunca tinha arranjado as sobrancelhas e andava muito indecisa se o deveria fazer ou não. As minhas sobrancelhas são quase simétricas, bem desenhadas mas gostava de as ver arranjadas. Por outro lado estava cheia de medo, pois se as começasse a arranjar já não poderia deixar de o fazer (se isto for mentira avisem-me, pois ainda não tenho a certeza de ter feito bem).

Queria ir a um sítio onde soubessem o que estavam a fazer, já ouvi com cada história de cabeleireiro. Queria experimentar a Wink, mas sempre que vou ao centro comercial encontro alunos meus e as respectivas famílias e comecei logo a imaginar o espectáculo no meio do corredor... Fui à Sephora do Chiado que tem um bar de sobrancelhas. Adorei, não me doeu nada, a rapariga era muito simpática, explicou-me tudo e no fim ainda me maquilhou (a parte dos olhos fazia parte do serviço, para não se notar o vermelho). Agora só tenho que me habituar a ver-me assim...

Antes

Depois

Quanto ao meu pequeno-almoço, é sempre a mesma coisa. Leite com cereais. Gostava de incluir fruta, mas tomar o pequeno-almoço é uma coisa que faço por obrigação, por mim saía de casa sem comer nada...



Menus de 4ª e 5ª

Menu de 4ª feira
PA - leite com cereais
MM - maçã com bolacha
A - peixe (mais uma vez não consigo perceber qual) cozido com alface e cenoura ralada e iogurte
L - maçã com bolacha
J - sopa
C - 2 bolachas

Menu de 5ª feira
PA - leite com cereais
MM - maçã com bolacha
A - frango cozido com alface e iogurte
L - maçã com bolacha
J - sopa
C - iogurte e 2 bolachas (espero que sem manteiga)

Amizades

É estranho pensar que posso considerar amigas pessoas que não conheço pessoalmente, mas é como vos sinto a todas. Como amigas. Obrigada.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

E tudo volta ao mesmo...

E o que é que isto quer dizer? Um pedido de desculpas? Está arrependido? Percebeu o que me magoou? Está farto desta zanga e assim acaba com ela?
Mistério...
Vou pensar aquilo que me apetecer e avançar. Cá para mim há uma boa dose de ciúme nisto tudo. Nunca foi ciumento. Nunca se mostrou inseguro. Mas eu estou mais magra. Saio de casa mais arranjada. Comecei a maquilhar-me. Sinto-me mais segura de mim. A minha auto-estima está lá em cima. Tenho andado feliz e isso nota-se.

Quanto ao desafio, vamos ao menu:
PA - leite com cereais
MM - maçã com bolacha
A - hamburguer grelhado com alface e cenoura ralada e iogurte
L - maçã e fationa de pão alentejano com manteiga
J - sopa
C - 2 bolachas de água e sal com manteiga

Raio da manteiga.

Já cumpri a tarefa do corpo, mas ainda não vou pôr as fotos. Fica para amanhã.
Estou muito cansada. Hoje foram distribuídas várias turmas, cheguei a ter 34 putos na sala. Não havia cadeiras nem mesas para todos, só me apetecia pôr um filme e deixá-los ver, mas ainda há muito trabalho para fazer.

Sabem o que mais me custa. A balança. Acho que sou mais balançodependente do que chocolatodependente.

Obrigada pelo carinho que me têm dado.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

2/3 do percurso

Eu peso-me às segundas e portanto, hoje fiz a minha pesagem oficial e a última permitida pelo desafio para esta semana. Ao actualizar a barra do peso, apercebi-me que estou a dois terços do meu percurso. Perdi 16 kilos, faltam 8 kilos. Acho que estou a conseguir.

menu de 2ª feira
PA - leite com cereais
MM - maçã e bolacha
A - peixe cozido com cenoura cozida (não faço ideia que peixe era, tinha espinhas, muitas, e uma pele nojenta e viscosa entre o cor de rosa e o cor de laranja) e iogurte de morango
L1 - barrinha de cereais
L2 - maçã e bolacha
J - sopa e brigadeiro (upsss)

Consegui fazer as tarefas diárias todas, mas nenhuma das outras.

Ando cansada e sem energia nenhuma. Estou irritada com o marido desde ontem e ele também está comigo. Eu sei que às vezes é preciso ceder, mas estou farta de ser sempre eu. Ele nem sequer quer discutir o que está mal, parece que está sempre tudo bem. Acho que só é capaz de ver o lado dele e se calhar até vai acabar por pedir desculpa, mas não o faz por perceber o que me magoou, fá-lo porque acha que assim é que se resolvem as coisas. Às vezes falo com amigas sobre esta faceta do meu marido, de não querer discutir nada e quanto menos ele discute comigo, mais irritada eu fico, parece uma paz podre e muitas delas me dizem que com os maridos delas é igual. E até acabam por concordar com elas só para não discutirem. Será que isto é mal geral dos homens?
Desculpem o desabafo.

domingo, 18 de abril de 2010

1ª Dia do Desafio


Vou começar pelo menu, que foi vergonhoso.

PA - não tomei, levantei-me tarde
MM - maçã e bolacha de água e sal
A - lombo assado com farinheira, arroz e salada de alface
L (20.00) - maçã e pão com manteiga
Não comi mais nada. Vou ter que ir comer qualquer coisa se não daqui a pouco estou a assaltar a despensa. Acho que vou comer leite com cereais.
Andei muito. Mais de uma hora, por isso acho que foi positivo.

Quanto ao creme anticelulite já voltei a pô-lo. Eu sou muito preguiçosa com os cremes, só os ponho durante os desafios e a primeira vez que pus um foi por causa de um desafio.

De resto foi tudo OK. Vou tentar por uma tabela na barra lateral para ir marcando as tarefas que faço.

Começou a Guerra aos Kilos

Finalmente começou. Aqui estão as tarefas.
Tarefas diárias:
- Pôr creme adelgaçante ou anticelulítico ou reafirmante- 2 pontos
- Beber pelo menos 1,5 litros de água - 2 pontos
- Acompanhar pelo menos uma das refeições com salada ou legumes cozidos - 2 pontos
- Comer 2 peças de fruta por dia - 2 pontos
- Comer sopa pelo menos uma vez por dia - 2 pontos
- Publicar o menu - 2 pontos
- Fazer 30 abdominais - 5 pontos
- Fazer 30 agachamentos - 5 pontos
- Fazer 30 flexões (pode ser de joelhos) - 5 pontos
Tarefas semanais:
- Pôr a balança de lado. Vamos acabar com esta dependência que afecta várias de nós e que só cria ansiedade. Durante a semana só será permitido subir para cima da dita, no dia em que nos pesamos regularmente e quando tivermos que deixar os pontos e o peso. Por isso, no máximo, 2 vezes durante a semana. - 10 pontos para quem conseguir cumprir.
- Fazer 30 minutos de exercício por dia, 3 vezes durante esta semana. O exercício fica ao critério de cada uma. - 30 pontos (10 por dia)
Tarefas especiais:
- O pequeno almoço é uma refeição fundamental. Há mesmo quem defenda que é a mais importante do dia. A tarefa será fotografar e publicar o nosso pequeno-almoço habitual (basta 1 vez) - 20 pontos
- Não podemos esquecer-nos de nós. Esta semana teremos que ter um cuidado especial com alguma parte do nosso corpo. Poderá ser manicure, pedicure, fazer uma limpeza de pele, arranjar as sobrancelhas, receber uma massagem. Fica ao vosso critério. Terão que publicar uma fotografia do resultado. No caso do tratamento ser na cara (e não quererem mostrar) ou se for uma massagem ou outro cuidado em que não faz sentido fotografarem, poderão publicar uma imagem elucidativa, retirada da net. - 20 pontos